Página Inicial  » Cursos - Aulas  » Música,Teatro, Dança  »Anuncio #355035

Agilidade na dança: Não é o mesmo que velocidade!

Adicionado 08 maio
Estado: São Paulo
Cidade: São Paulo
Bairro: Vila Romana
CEP: 05051030
https://www.ericaseccato.com.br/post/agilidade

Diz pra mim: quando você pensa em agilidade, quais características vem a sua mente?

Primeiramente: já parou para pensar que agilidade e velocidade não significam exatamente a mesma coisa?


A tal da Agilidade

Em primeiro lugar, quando falamos sobre AGILIDADE, não estamos apenas nos referindo ao tempo ou exatamente a rapidez. Nos referimos também a destreza, a assertividade, a boa execução e a qualidade das transições.


Cia Erica Seccato em Apresentação de palco. Todas as bailarinas vestidas com figurino preto e dourado. Cia Erica Seccato em Apresentação de palco. Todas as bailarinas vestidas com figurino preto e dourado.
Agilidade

Em outras palavras, para ter um quadril ágil, por exemplo, é muito importante acionar o tônus muscular correto, dosar as forças, deixar o seu corpo em prontidão, identificar muito bem seus apoios, ter domínio da movimentação escolhida, ter bom reflexo, ser assertiva nas transições independente da velocidade escolhida.


Agilidade não é apenas aceleração

É preciso agilidade, inclusive, para desacelerar respondendo aos estímulos sonoros que determinadas músicas te dão. Em uma leitura de música mais lenta por exemplo, você também precisa de agilidade para trocar a dinâmica ou mudar a intensidade sem perder a fluência.


Não se limite a achar que esta é uma característica necessária para uma dança com grandes deslocamentos, como é o caso de Rotinas Orientais, por exemplo. Ou que a agilidade está muito conectada ao Solo de Percussão. Para ser fiel a leitura de um Taksim, você precisa ter agilidade também.


Seja como for, um treino de agilidade é muito mais amplo do que APENAS trabalhar aceleração. Vale lembrar que um quadril ágil está sempre pronto para mudar suas direções, intensidades, velocidades.


Entenda o que é o trabalho de quadril!

Quando falamos de um trabalho de quadril, tenha sempre em mente que um quadril ágil está sempre pronto para mudar suas direções, intensidades, velocidades e sem deixar se continuar fluindo.


Sempre reforço a importância de acrescentar nas nossas rotinas treinos que vão além da dança. A preparação corporal correta vai ajudar, e muito, para que sua dança evolua.


No caso da agilidade não é só o quadril que precisa ser ágil. Não tem como você ter um quadril ágil isolado de todo o resto. O seu corpo todo precisa de um treinamento para isso.


Para concluir...
Como vocês treinam agilidade nas movimentações de vocês?
0 comentários

0 comentários em Agilidade na dança: Não é o mesmo que velocidade!

Faça um comentário



Isa

Usuário desde: 15 janeiro
Todos os anúncios »

11********Mostrar telefone

Isto também lhe pode interessar

Ir para cima